Home Page - ER-BR Grupos GeradoresMapa do SitePolítica de Privacidade
ER-BR Energias Renováveis
Você está em: Página Inicial  >  Biogás Técnologia
Imagem sobre empresa
divisa de página

Fale Conosco

Rua José da Silva, 136
Parque Industrial Kiugo Takata
CEP: 86042-280
Londrina - Paraná - Brasil
Fone: 43 3377-0100
CNPJ: 10.513.886/0001-20

Mais sobre os geradores:

Mais sobre a ER-BR
Conheça as Vantagens
Aplicações
Adicione aos favoritos
BIOmetano
Unidade de Enriquecimento de Biogás – UEBio

A característica marcante da tecnologia REINERT é a sua simplicidade aliada à alta eficiência, onde a qualidade dos produtos resultantes do processo ficou acima dos limites estabelecidos pelos órgãos reguladores e a perda de biogás no processo é inferior a 5%.

Para colocar o projeto no mercado em escala comercial, a REINERT associou-se em 2012 com a ER-BR, com o objetivo de obter todo suporte técnico e operacional necessários para o desenvolvimento, comercialização e implantação de todas as tecnologias votadas para valorização de passivos ambientais.

Em 2013 pós a validação de todos os processos desenvolvidos as empresas deram entrada junto ao INPI no processo de solicitação de Patente de Invenção com enquadramento no programa Patente Verde:

INVENTOR: Mario Cesar Reinert - Engenheiro Mecânico
PATENTE No.: (PI) BR 10 2013 010204 0 A 2
REGISTRO: Registro de patente concedido em 07/10/2014 como Patente Verde

Mercado:

A intensa participação das fontes não renováveis na oferta mundial de energia constitui um desafio para a sociedade, na busca por fontes alternativas de energia. E isso não pode demorar a ocorrer, sob o risco de o mundo, literalmente, entrar em colapso, pelo menos se for mantido o atual modelo de desenvolvimento, em que o petróleo tem uma importância vital.

Neste cenário destaca-se a utilização do BIOGÁS como fonte alternativa de energia, nos segmentos agropecuários, agroindustriais, urbanos e industriais, nos quais, há uma imensa disponibilidade de resíduos orgânicos que podem ser transformados em bioenergia.

Uma das formas utilizadas para melhoria do aproveitamento do biogás consiste em se extrair o máximo de subprodutos com potencial comercial existente em todo processo que vai desde a preparação da biomassa até a sua distribuição. Para uma maior eficiência e rentabilidade do aproveitamento desta fonte de energia renovável, é necessário integrar soluções capazes de gerar estes subprodutos durante todo processo.

Uma vez controlado o processo de decomposição da biomassa, surge uma série de oportunidades para geração de receita onde o tratamento do biogás para consumo se destaca com a exploração comercial proveniente da separação e comercialização dos seus principais elementos o CO2 (dióxido de carbono) e o CH4 (gás metano).

Fluxograma do processo para valorização da biomassa

Fluxo

Tecnologia Reinert:

A REINERT motivada pelo potencial do mercado brasileiro de biogás, criou um processo inovador baseado em um conjunto de soluções integradas e exclusivas para o tratamento e separação dos elementos presentes no biogás.

O objetivo desta tecnologia inovadora é aperfeiçoar o processamento do biogás, em sinergia com a tendência mundial denominada "resíduo zero", ou seja, a reciclagem, o reuso e/ou eliminação dos resíduos descartados pelas atividades desenvolvidas pelos seres humanos. Esta tendência reforça o conceito de valorização de passivos ambientais, ou seja, o que é lixo ou problema pode se transformar em geração de renda. Veja fluxo abaixo do conceito como um todo:

Este processo trata e separa os elementos que compõem o biogás, valorizando comercialmente estes elementos sem utilizar em seus processos produtos químicos com grau de periculosidade, nocivos a natureza, reduzindo ao máximo o risco de qualquer tipo de impacto ambiental. Para que isto seja possível todo material utilizado ou resíduo gerado no processo pode ser reciclado e descartado comercialmente, sendo este um dos principais diferenciais em relação aos processos existentes.

A maioria dos processos existentes e conhecidos até o momento e as literaturas disponíveis destaca a utilização dos processos de lavagem sob pressão utilizando uma combinação de água e/ou produtos químicos como sendo os mais eficientes para retirada, principalmente, do CO2 (dióxido de carbono) e do H2S (gás sulfídrico) presentes no biogás.

Basicamente estes processos consistem na passagem do biogás em contra fluxo com fluidos líquidos (químicos puros ou diluídos em água) em um sistema pressurizado. O maior problema resultante destes processos é a energia necessária para a regeneração e descarte dos fluídos utilizados e a separação e a destinação dos elementos retirados em conjunto (CO2 e H2S).

Projetos que utilizam 100% a tecnologia reinert

Os resultados e a eficiência da tecnologia REINERT foram comprovados através da implantação de alguns projetos pilotos:

1º. No Estado do Paraná no projeto liderado pela FPTI – Fundação
Parque Tecnológico de Itaipu que hoje abriga o Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás-ER) um programa liderado pela ONUDI (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial). Neste primeiro piloto a capacidade de processamento era de 50 Nm3 de biogás por hora;

2º. No estado do Rio Grande do Sul, em um consórcio liderado pelas empresas Ecocitrus e Naturovos, com processamento inicial de 150 Nm3 de biogás por hora na fase de validação das tecnologias e atualmente com capacidade de processamento em escala comercial de 500 Nm3 de biogás por hora.

3º. Na unidade da JBS no Paraguai, projeto liderado pelo FPTI – Fundação Parque Tecnológico de Itaipu no Paraguai com a capacidade de processamento de 50 Nm3 de biogás por hora;

4º. Na Granja San Bernardo em Santa Rita no Paraguai, projeto liderado pelo FPTI – Fundação Parque Tecnológico de Itaipu no Paraguai com a capacidade de processamento de 50 Nm3 de biogás por hora;

5º. Pomerode SC – Biorefinaria BIOGV-BCE unidade para beneficiamento de 120 Nm3/h de Biogás

EMPRESA | BIOGÁS | BIOMETANO | SYNGAS | PRODUTOS | CLIENTES | PARCEIROS | MÍDIA | CURRÍCULO | FALE CONOSCO | LINHAS DE CRÉDITO | MAPA DO SITE | POLÍTICA DE PRIVACIDADE